INPE recebe visita de representante do CSIRO na OBT

No dia 09 de dezembro, a OBT e a equipe do projeto Brazil Data Cube receberam a visita de Jonathan Hodge, representante da Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation (CSIRO).

Jonathan é diretor de programas no escritório da CSIRO em Santiago, Chile, e lidera o desenvolvimento de projetos na América Latina. Após mais de uma década no governo de estado de Queensland, na Austrália, Jonathan ingressou na CRISO em 2011. Sua experiência está pautada no desenvolvimento, implementação e operação de sistemas de informações de dados ambientais nos setores de governo e pesquisa na Austrália e em todo o mundo. Ele é especialista em encontrar soluções inovadoras e colaborativas para problemas desafiadores por meio do uso de tecnologias novas e emergentes.

Jonathan realizou uma apresentação sobre o trabalho da CSIRO na Austrália e no Chile, que tem uma extensa história trabalhando em monitoramento ambiental, modelagem e sistemas de informação, com um forte foco em soluções aplicadas para governos e indústria. Também destacou o trabalho da CSIRO em plataformas de informação para apoiar a observação da Terra, incluindo a plataforma de sensores de séries temporais.

A CSIRO é corresponsável pela criação do Open Data Cube (ODC) na Austrália, e a equipe do Brazil Data Cube tem trabalhado com essa iniciativa para alavancar a criação do Cubo de Dados do Brasil.

Além de participar de reuniões técnicas com a chefia da OBT, Lubia Vinhas, essa visita foi importante para avaliar estratégias de possível cooperação científica entre o CSIRO e o projeto Brazil Data cube.

Fonte: Brazil Data Cube Project

Equipe do Brazil Data Cube participa do Simpósio de Geoinformática – GEOINFO 2019

A equipe do projeto Brazil Data Cube participou do XX Brazilian Symposium on GeoInformatics – 2019, que foi realizado no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) de 11 a 13 de novembro de 2019. O GEOINFO é um evento científico anual que explora a pesquisa, o desenvolvimento e as aplicações inovadoras sobre a ciência da informação geográfica e áreas correlatas.

Nesse evento, alguns membros da equipe apresentaram seus trabalhos relacionados ao projeto em diferentes formatos.

Na sessão técnica, no dia 11 de novembro, Alber Sanchez, aluno de doutorado, apresentou o trabalho “Land Cover Classifications of Clear-cut Deforestation Using Deep Learning” de sua autoria com Michelle Picoli, Pedro R. Andrade, Rolf Simões, Lorena Santos, Michel Chaves, Rodrigo Begotti e Gilberto Camara.

Na demonstração curta do dia 12 de novembro, Felipe Souza, aluno de mestrado, apresentou seu trabalho “GGSOM: ferramenta de visualização baseada em mapas auto-organizáveis”, de sua autoria, com Rafael Santos e Karine Ferreira.

Nas apresentações curtas, do último dia, 13 de novembro, tivemos vários trabalhos apresentados:

  • Rodrigo Adeu, aluno de mestrado, apresentou o trabalho “Evaluating Growing Self-Organizing Maps for Satellite Image Time Series Clustering”, de sua autoria com Karine Ferreira, Pedro Andrade e Lorena Santos.
  • Gabriel Sansigolo, aluno de mestrado, apresentou o trabalho “Projetando uma Plataforma para Compartilhamento de Dados Científicos de Observação da Terra”, de sua autoria com Gilberto Queiroz e Karine Ferreira.
  • Fabiana Zioti, aluno de mestrado, apresentou o trabalho “Análise de ferramentas para processamento de grandes volumes de dados espaço-temporais”, de sua autoria com Gilberto Queiroz e Karine Ferreira.
  • Matheus Zaglia, aluno de mestrado, apresentou o trabalho “Catalogação de metadados do Cubo de Dados do Brasil com o Spatio Temporal Asset Catalog”, de sua autoria com Lubia Vinhas, Gilberto Queiroz e Rolf Simoes.
  • Katyanne Conceição, bolsista do PRODES, apresentou o trabalho “O uso da abordagem GEOBIA para a detecção do avanço da atividade agropecuária no arco do desmatamento”, de sua autoria com Michel Chaves.

Em breve os resumos dos trabalhos estão disponíveis na página do GEOINFO.

Fonte: Brazil Data Cube Project

Equipe do Brazil Data Cube participa do MungeoGEO Connect Plus em São Paulo.

No dia 06 de novembro de 2019 foi realizado o 1º Fórum de Observação da Terra no evento DroneShow & MundoGEO Connect PLUS em São Paulo.

O encontro teve como objetivo criar um ambiente de impacto positivo para apresentar projetos e ideias relacionados à área de monitoramento ambiental no território brasileiro utilizando Geotecnologias.

No painel sobre o “Monitoramento Ambiental dos Biomas Brasileiros: Mata Atlântica, Caatinga, Pampa e Pantanal”, a Dra. Lubia Vinhas, Coordenadora-Geral Observação da Terra do INPE, apresentou uma palestra sobre o uso das Geotecnologias para apoiar atividades de mapeamento e disseminação de dados geoespaciais, lembrando que o INPE foi pioneiro em distribuir imagens de média resolução na forma de dados livres e em seguida, a Dra. Karine Ferreira, coordenadora do projeto Brazil Data Cube, apresentou a solução para criação de cubos de dados multidimensionais prontos para análise, para todo o território brasileiro e gerar informações de uso e cobertura do solo a partir desses cubos de dados.

Veja a notícia completa em MundoGEO.

Fonte: Brazil Data Cube Project

Equipe do Brazil Data Cube apresenta trabalho na GEO Week 2019, Austrália.

Dr. Gilberto Camara - GEO Week 2019. Source: Twiter @GEOSEC2025

A equipe do projeto Brazil Data Cube, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), apresentou no 4 de novembro, na GEO Week 2019 – Ministerial Summit, em Camberra, Austrália, os resultados iniciais do Grant oferecido pela Amazon Web Services (AWS) e pelo Group on Earth Observations (GEO), organização internacional que atua no compartilhamento de dados de satélites e outras tecnologias de observação da Terra.

Dr. Gilberto Camara, Diretor do Secretariado do Grupo de Observação da Terra (GEO), representou a equipe do projeto, no side event GEO/AWS Earth Observation Cloud Credits Programme, mostrando os quatro resultados do projeto “Brazil Data Cube (BDC) usando a AWS para uso da terra e mudança de cobertura”:

  • A classificação de séries temporais de imagens de satélite MODIS para produzir mapas de uso e cobertura da terra usando o AWS EC2;
  • Os serviços Sentinel TMS, Landsat TMS e CBERS TMS usando o AWS Lambda para acessar as imagens dos satélites Sentinel, Landsat e CBERS AWS buckets;
  • A aplicação “BDC – Forest Monitor”; e
  • A criação de cubos de dados a partir de imagens do Sentinel para o território brasileiro usando o AWS Lambda.

Veja abaixo o poster apresentado:

Poster GEO Week 2019 – AWS-BDC

Fonte: Brazil Data Cube Project

Pesquisadora do Brazil Data Cube participa de Simpósio Internacional de Sensoriamento Remoto nos Estados Unidos

A pesquisadora colaboradora do Brazil Data Cube Project, Dra. Michelle Picoli, participou na semana de 06 a 11 de outubro de 2019, do 21st William T. Pecora Memorial Remote Sensing Symposium (Pecora 21) and the 38th International Symposium on Remote Sensing of Environment (ISRSE-38), que aconteceu em Baltimore, Maryland, Estados Unidos.

A pesquisadora apresentou o trabalho intitulado “Using SOM Neural Network to Improve Land Use and Cover Training Samples from Satellite Image Time Series”, de sua autoria junto com Dra. Karine Ferreira, MSc. Lorena Santos e Dr. Gilberto Camara.

Fonte: Brazil Data Cube Project

Michelle Picoli